• Cristina Horst

O QUE A INFLAÇÃO TEM A VER COM A MINHA VIDA?

Todo dia tem uma notícia nova no telejornal informando os números da inflação, que subiu, que desceu... Mas na vida real, como isso impacta a minha realidade?


A inflação é o que faz com que o nosso dinheiro perca valor. Isso mesmo: é quando o mesmo valor em dinheiro passa a te dar acesso a uma quantidade menor de coisas ao longo do tempo.


Pra percebemos isso no nosso dia a dia é só lembrar de quando você vai ao mercado. Há um ano, com R$100,00 você conseguia comprar 5 coisas, agora, esse mesmo dinheiro não consegue mais comprar as mesmas coisas, consegue comprar apenas 4. Para comprar as 5 você vai precisar de mais dinheiro. É isso que a inflação faz com você: diminui o seu poder de compra.


Efetivamente o dinheiro que está na sua carteira não diminui, mas na hora de comprar, ele não permite mais acessar o mesmo conjunto de coisas de antes.


Entendendo o rendimento negativo da poupança

Esse conceito também explica outros assuntos da nossa vida financeira, especialmente quando vemos as notícias dizendo, por exemplo, que a poupança teve rendimento negativo. Mas como isso é possível, se quando analiso o dinheiro lá, percebo que ele aumentou?


O que acontece nesse caso é que a poupança rendeu menos do que a inflação. Isso significa que o valor que a sua poupança rendeu foi menor do que o percentual que a inflação tirou do seu poder de compra.



Como encontrar um investimento que não perca para a inflação?

Aqui uma regra de ouro quando se trata de investimentos e rentabilidade: se você quiser garantir que seu dinheiro nunca perca para a inflação, o indicado é que busque os títulos que estejam atrelados ao IPCA- Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, que é o índice que representa a inflação no Brasil.


Ao buscar títulos que tenham a rentabilidade atrelada ao IPCA você estará garantindo que o seu dinheiro seja corrigido ao longo do tempo, mantendo o seu poder de compra.


Para entender melhor isso tudo de um modo simplista e ilustrativo vamos voltar ao exemplo dos R$100,00. Quer dizer que se há um ano você tivesse investido em títulos com o rendimento atrelado ao IPCA, esse dinheiro ainda te daria acesso aquelas 5 coisas que comprava no passado.


Claro que se trata apenas de um exemplo que não pode ser aplicado ao pé da letra, pois muitas outras variáveis impactam nos preços, mas serve para que você entenda essa relação e já saiba como “proteger” seus investimentos dos efeitos negativos da inflação.


Agora que você já entende como a inflação impacta na sua vida vai conseguir fazer escolhas mais conscientes na hora de investir!


Até a próxima!