• Cristina Horst

DICAS PRÁTICAS PARA ECONOMIZAR NO SUPERMERCADO

Os tempos estão austeros, a inflação está aí pra nos lembrar que nosso poder de compra diminui dia após dia. Mas mesmo com esse cenário pouco animador existem atitudes que você pode tomar e que vão te ajudar a fazer melhores escolhas na hora da compra no supermercado! Confere aqui!


Dicas práticas para economizar no supermercado

1 - Faça orçamento: quanto você pode gastar? Pra não levar aquele susto na hora de pagar a conta no caixa, faça o caminho inverso: vá com um orçamento limitado pra essas compras. Assim, você já estará condicionando as suas escolhas aquelas que cabem no seu orçamento.


2 – Se parece que o dinheiro não vai dar pra trazer tudo, inicie suas compras priorizando os itens essenciais como produtos de higiene, alimentação e limpeza. Assim você garante que tudo que é realmente essencial irá com você pra casa.


3 - Procure por linhas de marca própria do mercado, especialmente na área de alimentos e padaria. Eles costumam ser em média 25% mais baratos dos que as outras marcas.


4 – Não faça compras com fome ou com pressa. A chance de fazer escolhas ruins e até em quantidade muito superiores ao que você faria normalmente são muito maiores quando você está sob o efeito da fome ou da pressa.


5 - Cuidado com o tamanho da cesta ou carrinho. Pegue o tamanho adequado para os itens que você tem na lista, caso contrário a chance de tentar encher o carrinho inconscientemente pode pesar (e muito) no seu bolso.


6 – Aproveite a hora da xepa! Fique atento para o horário de compra para produtos perecíveis (especialmente na área da padaria), pois costuma haver promoções para produtos que não serão comercializados amanhã.


7- Cuidado com a ancoragem de preços que os supermercados praticam. Essa ancoragem funciona expondo um produto “caro” perto do produto de menor valor, mas que nem sempre é um valor realmente “barato”, mas esse formato de exposição te leva a uma comparação prejudicial. Por exemplo: colocar o frango com preço de R$30,00 o kg do lado do salmão que custa R$70,00 o kg. Pode parecer uma boa ideia comprar o frango, porque está mais barato que o salmão, mas se você analisar com cautela vai perceber que está muito caro, pois o preço médio do frango é de R$ 20,00 o kg. Ou seja: mesmo sendo mais barato, não é um bom negócio.


8- Confira o preço dos produtos nas prateleiras mais baixas, aquelas que estão abaixo da linha dos olhos. Os produtos mais caros e das marcas mais conhecidas costumam estar nas prateleiras que ficam na altura dos olhos, deixando os produtos mais caros e de marcas menos conhecidas mais embaixo.


9 - Nunca compre do display ou das pontas de gôndolas antes de conferir o preço dos produtos nas prateleiras comuns. Em 90% dos casos os produtos em evidência nem sempre possuem o melhor custo benefício.


10 - Confira as gôndolas de produtos que tem a validade próxima de expirar pois esses costumam ter promoções interessantes. Mas cuidado: um produto jogado no lixo equivale a seu dinheiro sendo jogado fora.


Nada melhor que garantir a boa e velha economia com essas dicas simples!


Lembre-se de que o uso consciente do seu dinheiro é que vai continuar a te proporcionar liberdade de escolha!


Até a próxima!

 

Em tempo: meus queridos, acabo de abrir minha agenda de atendimentos para Abril! Vamos bater um papo e entender como este processo pode ajudar a otimizar a sua relação com o dinheiro? É só clicar no link e vamos conversar!