• Cristina Horst

CONTA CORRENTE, CONTA DE PAGAMENTOS E CONTA DIGITAL: QUAL É A DIFERENÇA?


A modernização do acesso a serviços financeiros vem trazendo muitas novidades e com elas, temos sido bombardeados com informações publicitárias sobre as diferentes possibilidades de acesso aos serviços bancários.


Em meio a tanta informação, fica até difícil escolher a opção que mais se enquadra a seu perfil.

Sabendo que as vantagens e desvantagens dos produtos financeiros variam de acordo com o perfil do cliente que faz as movimentações, te apresento na sequência quais as principais informações sobre cada um desse tipo de conta (corrente, de pagamentos e digital).



CONTA CORRENTE

Essa é a conta tradicional oferecida pelos bancos. Para a abertura de uma conta como essa é necessário ir pessoalmente a uma agência bancária, portando a documentação necessária.

Essa é uma das principais características: a possibilidade (e até mesmo exigência, em alguns casos) de resolver questões burocráticas presencialmente.

Ela pode ser individual ou conjunta, de pessoa física ou jurídica. Os serviços oferecidos são diversos, como cheques, pagamento de boletos, transferência de valores, depósitos e saques, acesso ao internet banking, etc.

Os serviços disponibilizados podem variar de acordo com o pacote contratado, podendo ou não haver a cobrança de tarifas.

Exemplo: conta em bancos tradicionais, como o Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, etc.



CONTA DE PAGAMENTOS

Esse tipo de conta é voltado para a realização de pagamentos. Elas existem em duas modalidades diferentes: pré ou pós pagas.

- No formato pré-pago é necessário que o cliente realize o depósito de um valor antecipado para ter direito a movimentá-lo para o pagamento de uma conta, por exemplo. Ou seja, é necessário haver um saldo positivo na conta para realizar as transações.

- Quando no formato pós-pago, não exige o pagamento antecipado de nenhum valor, funcionando de um modo bastante similar ao cartão de crédito. Você primeiro utiliza o valor disponível e depois realiza o pagamento.


Apesar de não haver a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para o dinheiro que estiver nessas contas, a empresa custodiante não tem a liberdade de usar o saldo dos clientes como bem entender. Todo o dinheiro depositado pelos clientes fica aplicado em títulos públicos, como no Tesouro Direto. Dessa forma, os usuários geralmente podem contar com um rendimento do seu dinheiro apenas por utilizar o serviço desse tipo de conta.


Dentre as principais vantagens para a utilização da conta de pagamentos estão a isenção de tarifas de manutenção de conta, a realização de 100% das operações disponíveis pela internet, como pagamentos e transferências, e ainda ser permitida a realização de saques utilizando a rede de caixas 24h.


Exemplo de contas de pagamento: PicPay, Paypal, Pagseguro, etc.



Conta digital

São as contas abertas, fechadas e controladas 100% pela internet. Esse tipo de conta não possui atendimento presencial para abertura ou fechamento.

Dessa forma, tanto as contas correntes quanto as contas de pagamentos podem ser contas digitais.

A principal vantagem é que essas contas geralmente não possuem a incidência de tarifas de manutenção e oferecem um pacote de serviços também isento de tarifas, que variam de uma instituição para outra.

Ex: Banco Inter, etc.


Agora que você conhece as diferenças vai ser muito mais fácil decidir o que combina mais com você!


 

Em tempo: meus queridos, acabo de abrir minha agenda de atendimentos para Maio! Vamos bater um papo e entender como este processo pode ajudar a otimizar a sua relação com o dinheiro? É só clicar no link e vamos conversar!